Arquivo

Archive for abril \23\UTC 2009

Violência no futebol agora é dentro dos gramados!

 

 

 

As torcidas organizadas frequentemente são alvos de críticas e acusações por parte da imprensa, muitas delas com razão, outras infundadas por pessoas que se consideram ou foram um dia jornalistas. Não defendo as facções, mas não acho coerente culpá-los por todas situações de violência no futebol.

 

Enfim, o tema é a onda de violências no futebol… dentro de campo, entre as quatro linhas.

 

No último sábado, 18, o meia Diego Souza, do Palmeiras, e o zagueiro Domingos, do Santos, se envolveram em uma briga, no final da partida entre as duas equipes válidas pelo segundo jogo da semifinal do Paulistinha.

 

 

 

 

 

 

 

 

diego-souza-11 

 

O zagueiro foi acusado de entrar somente para provocar o meia. E o meia se defende dizendo que não havia atingido o zagueiro, que simulou uma agressão. Por via das dúvidas, Diego Souza desvencilhou-se da “marcação” de seus companheiros que tentavam segurá-lo, e deu uma rasteira em Domingos.

 

 

 

Pra completar, ainda teve seu nome gritado pela torcida e passou ao status de ídolo momentâneo. Um belo exemplo de comportamento para os adeptos alviverdes.

 

 

 

 

diego-souza-2

 

 

Outro que perdeu completamente a cabeça e a razão foi o zagueiro luso-brasileiro Pepe, do Real Madrid. Os merengues empatavam contra o modesto Getafe em 2 a 2 em casa, no Santiago Bernabéu, quando o defensor empurrou o atacante Casquero e cometeu pênalti. Não bastasse a situação, ainda chutou e pisou no adversário caído. Além disso, desferiu um soco no jogador Albín (Getafe) e xingou o juiz.

 

 

 

pepe-1

 

 

 

 

Logicamente que foi expulso, porém não teve seu nome gritado e, envergonhado, faltou ao treino seguinte da equipe espanhola. Diferente do meia brasileiro, contou com a sorte do Getafe perder o pênalti de forma displicente e do argentino Gonzalo Higuaín marcar o gol da vitória no último minuto.

 

 pepe-2

 

 

 

 

Punições

 

Diego Souza é ameaçado com uma punição que pode chegar até a 1260 dias mais 9 jogos. O meia foi denunciado em três artigos: ato de hostilidade, praticar agressão física e invadir local destinado à partida ou nele ingressar sem a devida autorização, por ter voltado ao gramado para agredir Domingos depois da expulsão.

 

O zagueiro santista foi enquadrado no artigo ato desleal, por ter provocado o jogador alviverde e pode ser suspenso de uma a três partidas.

 

Já no caso Pepe, segundo artigo da federação espanhola, o atleta será enquadrado como agressão a outro jogador que tem como pena de quatro a 12 jogos de suspensão, porém ainda pode agravar-se caso o lance seja julgado separado: agressão a Casquero, o soco em Albín, além de sanção de uma a três partidas por ter xingado o juiz.

 

Deixa as seguintes perguntas no ar:

 

– Em qual dos casos será aplicada a punição mais rigorosa?

 

– Qual dos casos terá o cumprimento total da punição aplicada?

 

– Quem aprenderá com a lição?

 

– Qual torcida terá olhos críticos para julgar o ato dos jogadores de suas equipes?

 

E depois perguntam porque o Brasil não alcança o patamar europeu de organização e espetáculo no futebol.

 

Vai entender!

 

Categorias:Esportes

Destaques do jogo

Craque do jogotorres

Fernando Torres

O atacante espanhol levou perigo ao gol do Arsenal desde o inicio da partida e foi premiado com dois gols, além de um gol salvo em cima da linha por Gibbs. Lutou até o fim!

Luva de Ourofabianski

Fabianski

O goleiro reserva do Arsenal substituiu Almunia à altura. Foi bombardeado e fez no mínimo quatro grandes defesas. Sem culpa nos gols.

O sortudoarshavin

Arshavin

O atacante russo não encheu os olhos com grandes jogadas, mas esteve no lugar certo no momento certo. E por quatro vezes. Quando precisou, foi competente. Artilheiro do jogo.

sagnaO azarado

Bacary Sagna

O ala/zagueiro do Arsenal bem que tentou, mas dessa vez  as assistências foram para o lado errado. Foi responsável direto por dois gols do Liverpool.

benayoun

O assistente

Benayoun

O meia cansou de servir o atacante Fernando Torres, que fez dois, e ainda achou espaço para marcar outros dois gols.

bendtnerGasparzinho

Bendtner

Foi escalado e anunciado, mas entrou em campo?

Categorias:Esportes

Partida Épica na Premier League – Liverpool 4 x 4 Arsenal

liverpool

arsenal

Dois clubes transformaram uma partida de futebol em um jogo épico na tarde de hoje na Inglaterra. Liverpool e Arsenal empataram em 4 a 4, em partida válida pela 33ª rodada da Premier League, a primeira divisão do Campeonato Inglês.

Os Reds estão no páreo pelo título que não conquistam há 19 anos. Já o Arsenal luta para conseguir uma vaga na repescagem da Liga dos Campeões 2009/2010.

O Liverpool entrou desfalcado do seu maior ídolo, Steven Gerrard, que está lesionado, enquanto o Arsenal começou a partida sem craques como os atacantes Adebayor e Van Persie, além de outros desfalques de longa data como o meia tcheco Rosicky (que está parado há mais de um ano), o zagueiro francês Gallas e o goleiro titular Almunia. E por coincidência, o desfalque menos sentido foi no gol, já que o reserva Fabianski fez defesas importantíssimas durante toda a partida. Confira a descrição dos melhores momentos da partida:

O Jogo

Jogando em casa, no Anfield Road, o Liverpool sufocou o Arsenal durante todo o primeiro tempo. As duas equipes fizeram uma partida muito rápida, de toques precisos e muita marcação.

Logo aos 2 minutos, o atacante dos Reds Fernando Torres deu um toque de letra, tirou a bola da zaga do Arsenal e chutou cruzado, para a primeira grande defesa de Fabianski.

Aos 9 minutos, Fabianski salva o Arsenal com duas saídas seguidas nos pés de Benayoun.

Sentindo a ausência do ídolo Gerrard, o Liverpool busca ligações diretas através de lançamentos longos para Fernando Torres.

Aos 18 minutos, Torres arrisca da entrada da área e Fabianski espalma pra fora.

Césc Fábregas e Nasri, meias de ligação do Arsenal não fazem boa partida e a equipe de Arséne Wenger fica sufocada.

Aos 29 minutos, Torres rouba bola de Touré e chuta, Fabianski salva de novo.

bola_futebol Aos 35 minutos, em um vacilo de Mascherano¸ Fábregas rouba a bola no ataque, toca para Nasri que devolve nas costas da zaga. O meia do Arsenal cruza no contrapé dos zagueiros e o russo Arshavin, contratação mais cara da história do clube londrino manda para marcar o primeiro GOL da partida. Arsenal 1 a 0.

O Liverpool se lança ao ataque e aos 37, Benayoun dribla três marcadores e chuta para defesa de Fabianski.

Dez minutos mais tarde, já nos acréscimos, Arbeloa arrisca para os Reds e Fabianski faz a última defesa do primeiro tempo. Com esse resultado, o Liverpool via suas chances de disputar o título diminuírem.

2º Tempo

bola_futebol No intervalo, o técnico do Liverpool Rafa Benítez muda o posicionamento dos Reds e logo aos 4 minutos empatam. O holandês Kuyt cruza duas vezes para o cabeceio de Torres parar no fundo das redes. Liverpool 1 x 1 Arsenal.

Os Reds voltam explorando muito o lado direito do ataque com Kuyt e Benayoun.

bola_futebol Aos 10 minutos o Liverpool vira. Kuyt aproveita falha da zaga londrina e cruza, Benayoun divide em cabeceio com o zagueiro Sagna. Fabianski soca a bola, mas já tinha cruzado a linha do gol. GOL. Liverpool 2 x 1 Arsenal.

A partida é muito disputada, porém de forma limpa. Somente aos 16 do segundo tempo aparece o primeiro e único cartão amarelo da partida, aplicada para Sagna. No minuto seguinte, Torres recebe cruzamento, vira e bate forte para mais uma defesa de Fabianski.

substituicao Substituição no Arsenal: Sai o volante Denílson e entra o jovem atacante Theo Walcott.

bola_futebol Aos 22, o zagueiro dos Reds Arbeloa vacila e perde a bola. O russo Arshavin aproveita, ajeita e fuzila, com efeito, da entrada da área para empatar a partida. GOL. Liverpool 2 x 2 Arsenal. Na segunda falha da zaga do Liverpool, 2º gol do Arsenal.

bola_futebol Dois minutos depois, o armador francês Nasri cruza, Fábio Aurélio corta para o meio da área, a bola encontra Arshavin que marca seu terceiro GOL na partida. Virada londrina. Arsenal 3 x 2 Liverpool.

bola_futebol 27 minutos do 2º tempo, o espanhol Torres recebe na entrada da área, domina, ameaça chutar, engana o zagueiro e conclui. GOL. Liverpool 3 x 3 Arsenal.

Os Reds crescem no jogo. Aos 36, escanteio, Torres cabeceia e o jovem lateral Gribbs salva em cima da risca.

substituicaoSubstituição no Liverpool: Sai o meia Kuyt, entra o marroquino El Zhar.

bola_futebol Faltando um minuto para o fim do tempo regulamentar, o Liverpool cobra escanteio, a zaga londrina corta. Theo Walcott pega a bola no campo de defesa, dispara para o ataque, lança Arshavin que fuzila para marcar seu 4º GOL no jogo. Liverpool 3 x 4 Arsenal.

substituicaoSubstituição no Arsenal: Sai o atacante Berdtner, entra Diaby.

O juiz dá cinco minutos de acréscimos. A torcida do Liverpool já não acreditava. O goleiro Pepe Reina vai ao ataque em escanteio, mas não consegue ajudar. Aos 48, um chutão pra área do Arsenal, o marroquino El Zhar cruza, a zaga corta mal e a bola sobra bola_futebol para Benayoun incrivelmente empatar novamente a partida e dar números finais ao jogo. Liverpool 4 x 4 Arsenal.

O resultado é ruim para o Liverpool que assumiu a liderança, mas tem dois jogos a mais que o vice líder Manchester United e o mesmo número de pontos: 71.

Categorias:Esportes

Mano Menezes prova aos críticos seu valor!

Ele conquistou seu primeiro acesso com apenas sete jogadores em campo, na casa do adversário, no jogo conhecido como batalha dos Aflitos, com o Grêmio!

Depois, aceitou novamente o desafio e subiu tranquilamente e triunfante com o Corinthians, de volta a elite de onde não deveria ter saído!

Ainda assim era questionado por seu um técnico que não vencia clássicos. E depois de uma vitória sobre o Santos no Pacaembú por 1 a 0 pela fase de classificação do Paulistinha, passou a ser o técnico que não perdia clássicos!

Não adiantou, a desconfiança ainda pairava sobre seu trabalho.

E nesse domingo Mano Menezes provou que é um técnico, aliás, um grande técnico do futebol brasileiro atual. Eliminou com glórias o hexacampeão brasileiro, do técnico eleito por quatro vezes como melhor do Brasileirão Muricy Ramalho, com um nó tático de dar gosto!

kfouri37951

A primeira partida, convenhamos, foi na raça corinthiana! A partida de volta, cercada de polêmica de ex-jogadores, humildes e pensantes dirigentes… enquanto isso, Mano arquitetava a arapuca!

Tudo bem, o Corinthians leva vantagens sobre o São Paulo em mata-matas? Nos últimos confrontos sim! E Mano só carimbou a escrita, com três atacantes, sem manter o clichê que três avantes é sinônimo de time ofensivo! Soube dosar e sabiamente alertou no intervalo: “Se encaixarmos um contra-ataque, venceremos”.

Foram dois contra-ataques que deixaram os tricolores do bairro nobre sem defesa e sem rumo! Restou aos saõ-paulinos voltar em seu foco à Libertadores e buscar o futebol perdido por Hernanes e cia!

Aos alvinegros de Parque São Jorge resta comemorar (e muito!), pois o Coringão provou sem ressalvas que voltou MESMO! E nessa final, os últimos foram os primeiros!

Mano já deve estudar novas estratégias, pois do outro lado surge um técnico que se firma como uma grata surpresa e que de bobo não tem nada!

Mas essa semifinal já foi o suficiente para provar que Mano sabe o que faz… e a sombra de Luxemburgo, que nos bastidores é citado como técnico do centenário corinthiano (através de seu amigo Andrés Sanches) não foi suficiente nem para esconder o sol que ilumina as táticas de MANO MENEZES!

Categorias:Esportes

Re-re-reestréia!

O que posso fazer? É instinto!

O que posso fazer? É instinto!

“Deus deu na minha mão, mó responsa Ele deu na minha mão /Caneta e papel na mão…”

Lito Atalaia representou em uma rima o que eu vivo!Disciplina…

Hoje reestreio no mundo dos blogs e nesse espaço vou debater muito futebol, pois minha editoria preferida é Esportes, também falarei de política, do Deus que eu sirvo, vou falar muito de RAP, da seleção Argentina (uma de minhas paixões), entre outras curiosidades,  sempre em forma de matéria ou diário (relatos do cotidiano).

Convoco a todos os leitores a comentarem (abertamente) sobre os posts, assim como também a sugerir temas para que eu desenvolva o que mais gosto: escrever!

O conteúdo mais importante do mundo está escrito (Bíblia), grandes pessoas que passaram por esse mundo hoje estão em forma de escrita (livros), as melhores canções foram (inicialmente) escritas e a minha história não poderia ser diferente… será escrita!

Sejam bem-vindos amantes do jornalismo e amigos que suportam meus textos!

Boa sorte a todos nós a partir de hoje, viagem sem fim (espero que desta vez seja, mas não vou prometer não parar)…

A única promessa, farei um esforço para manter este blog atualizado sempre que possível, porém já alerto que aos finais de semana dificilmente postarei, pois passo o final de semana na Igreja e minha prioridade é Deus!

Fiquem na paz! Tamo junto… e de volta!

“Adivinha quem chegooooou tirando o sono da criança…

Categorias:Textos