Início > Textos > Virada Cultural… mas e a cultura?

Virada Cultural… mas e a cultura?

Durante este final de semana, rolou em diversos pontos de São Paulo o evento denominado Virada Cultural. O centro da cidade foi o foco principal, com diversos palcos montados promovendo a cultura entre os presentes.

Considero a música uma forma de cultura, afinal além de jornalista componho e crio músicas, mas minha crítica vai direcionada ao gasto dispensado pelo tipo de cultura exposta.

Estive perambulando pelas ruas durante parte do evento. Não participei, estava por lá por outros objetivos, mas foi o suficiente para observar o que irei comentar.

Vi homens, mulheres, crianças e principalmente jovens. Qual a cultura que foi absolutamente digerida e propagada ali? Álcool e drogas!

Esse era o cenário visto. A Cultura se resumia a lixo, sujeira, bebidas de todos os tipos e dos mais fáceis acessos possíveis, independente da idade do consumidor e drogas, muitas drogas!

sujeira-cultural1

Foto: G1 (Globo.com)

E garanto que a maior parte dos presentes perdeu boa parte da “cultura” que o evento objetivava por conta dos efeitos dos ilícitos. Me causa surpresa e estranheza ver que a cultura mais importante é aquela que não custa quase nada e que não gera nenhum retorno.

A pergunta que faço é porque não cria-se uma biblioteca ao ar livre para propagar a cultura? A leitura é menos viável e menos edificante que um show de música?

Pois é, quando se fala em gastos vê-se situação pior. “Não imagino” os valores gastos com atendimento hospitalar (não digo aos que realmente precisaram) com comas alcoólicos, overdoses, entre outros. Muito menos com a sujeira que a cultura promoveu à toda cidade. Cidadãos cultos adquirem entendimento para melhora inclusive da sociedade.

O que será que essa Virada Cultural mudou na vida das pessoas?

O que será que um livro pode mudar na vida das pessoas?

Encerro o texto sem citar a bagunça que ficou o trânsito da capital, mas para se promover “cultura”, é justificável!

E parabéns aos artistas que promovem sim a cultura, principalmente os regionais. A bronca não é com nenhum dos que se dedicaram ali, mas com os administradores que contabilizam milhões de presentes como méritos, porém sem saber os resultados que cada um deles deu à cidade ou levou para si próprio.

Categorias:Textos
  1. 12/05/2009 às 21:26

    Primeiro eu quero elogiar o blog, o conteúdo das reportagens são bem interessantes, mas falando em especifico a essa reportagem, eu não participei da virada cultural, mas a minha mãe que estava no centro da cidade, fez questão de destacar tudo o que os noticiários não mostrou, aqui foi o único lugar que vi o que realmente aconteceu. Observando o que a minha mãe disse e o que foi dito nessa reportagem, o que dá para concluir é que as coisas boas infelizmente só pagando. É triste, pois a idéia da virada cultural é ótima, mas tudo infelizmente acaba em lixo e drogas de diversos tipos.

  2. Atevir
    12/05/2009 às 23:41

    É a cultura é deixada de lado. Nesse evento tem muita coisa boa, muitos artistas bom ,as gastam muita grana num evento só, onde poderia investir essa grana no incentivo a cultura para a juventude e para a população em geral. E não dessa forma em um fim de semana só, que é bom, mas poderia ser muito melhor se a população tivesse uma cultura desde a infância.

  3. Claudia
    16/04/2011 às 20:34

    Virada ‘cultural’ = programa de índio

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: