Início > 1 > Colonizador e colonizado largam na frente no grupo C

Colonizador e colonizado largam na frente no grupo C

O terceiro grupo da Copa do Mundo uniu colonizador, Inglaterra, e colonizado, Estados Unidos

E ambos não deverão ter nenhuma dificuldade para conquistarem suas vagas diante das inexpressivas Argélia e Eslovênia.

A evolução do futebol americano e o sempre favoritismo da Inglaterra destoam da Argélia, que chega mais preocupada em comemorar seu retorno aos Mundiais, e da Eslovênia , que entra como a maior surpresa do torneio.

Inglaterra

Cabeça de chave, a Inglaterra entra em mais uma Copa do Mundo com velhas caras e com o mesmo rótulo de favorita. Sob a tutela do carrancudo italiano Fábio Capello desde 2007, o English Team contrariou as previsões pessimistas da sensacionalista imprensa local e, com um futebol vistoso e constantes goleadas, passeou nas eliminatórias europeias.

John Terry segue como referência dos ingleses, com sua raça no setor defensivo, ao lado do seguro Ferdinand. O setor mais seguro é o meio de campo, com craques do quilate de Steven Gerrard, do Liverpool, e Frank Lampard, do Chelsea.

No ataque, o baixinho invocado Wayne Rooney, do Manchester United, finalmente se firmou como grande estrela e aguarda por um parceiro mais constante, já que o centroavante Emile Heskey ainda tem atuações oscilantes. O ponto fraco é o gol, onde o limitado Foster, do Diabos Vermelhos, ainda não se firmou.

Estados Unidos

Em sua oitava participação em Copas, a quinta consecutiva, os Estados Unidos parecem terem se firmado entre as seleções medianas, que sempre representam perigo para os favoritos. O Mundial da África pode ser o último de uma geração de bons jogadores como o veloz atacante Landon Donovan e o seguro arqueiro Tim Howard, mas também será o primeiro de gratas revelações.

Entre os nomes que podem despontar ou se firmar nessa Copa estão o meia de 21 anos Bradley, o atacante Altidore, 19, e o meia Freddy Adu, 20, tratado como fenômeno ao estrear na Major League Soccer com 14 anos, mas que ainda não vingou.

Argélia

A Argélia sofre com a falta de talentos e, principalmente, pela preferência de craques de origem argelina, como o meia Samir Nasri e o atacante Karin Benzema, ambos de 21 anos, pela seleção francesa. Assim, restam jogadores medianos como o meia e capitão Yazid Mansouri, do Lorient, da França, e o experiente atacante Rafik Safi, do Al Khor, do Catar.

Nas eliminatórias, surpreendeu ao ficar com a vaga no grupo 6 com melhor campanha do que Senegal. Na fase final, empatou em todos os critérios com o tradicional Egito e a classificação veio em uma partida desempate realizada no Sudão, vencida pelos argelinos por 1 a 0. Será a segunda participação em Copas.

Eslovênia

Surpresa. Assim pode ser descrita a segunda participação da Eslovênia em Copas.  Mas o caminho que trilhou até chegar ao Mundial é digno de inspirar receio dos adversários. Passou por Rússia, República Tcheca e Polônia.

Sem craques, os eslovenos vão à África com o discurso “unidos venceremos”, apostando no entrosamento do grupo. Mas a meta é superar a barreira da primeira fase.

Destaque do grupo é o desconhecido Robert Koren, meia do West Bromwich.

A estreante em Copas chega como a grande incógnita. A Eslováquia conquistou a classificação com a primeira colocação do grupo 3 das eliminatórias europeias, à frente de Eslovênia, da perigosa República Tcheca e da encardida Polônia.

O elenco conta com o seguro zagueiro Skrtel, do Liverpool, o meia Hamsik, do Napoli, e o goleador Sestak, do Bochum. Mas os amistosos pós classificação mostram que a seleção não está com potencial a ponto de surpreender tanto quanto com a eliminação da co-irmã República Tcheca. Em dois jogos, os eslovacos bateram os rivais americanos por 1 a 0, mas foram derrotados pelo emergente Chile por 2 a 1.

Palpite GH

Sem surpresas, Inglaterra deve aproveitar a fase inicial para os últimos acertos antes do mata-mata decisivo. Estados Unidos, se mantiver o nível atual, chega no segundo lugar. Argélia e Eslovênia têm tudo para apresentarem seus uniformes aos torcedores africanos, dar um passeio e voltar pra casa mais cedo.

Grupo C

1 Inglaterra

2 Estados Unidos

3 Argélia

4 Eslovênia

Jogos do Grupo C

12 de junho

15h30: Inglaterra x EUA

13 de junho

8h30: Argélia x Eslovênia

18 de junho

11h: Eslovênia x EUA

15h30: Inglaterra x Argélia

23 de junho

11h: Eslovênia x Inglaterra

11h: EUA x Argélia

Categorias:1
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: