Início > 1 > Azzurra busca seu segundo bicampeonato na luta pelo penta

Azzurra busca seu segundo bicampeonato na luta pelo penta

O tetra conquistado na Alemanha em 2006 tirou só o rótulo de favorita e sacramentou a Azzurra entre as grandes seleções das Copas

Apesar de ter pela frente rivais sem muita força na história dos Mundiais, é bom que a humildade dos italianos esteja no ponto em junho, pois Paraguai e Eslováquia podem aprontar contra os atuais campeões.

Completando a chave, a Nova Zelândia já conquistou seu título particular por ter conseguido a vaga.

Itália

Dias após o tetra mundial, Marcello Lippi deixou o comando da Azzurra nas mãos de Roberto Donadoni. Mas o fracasso na Eurocopa 2008, quando apanhou da Holanda por 3 a 0 na estreia, empatou com a modesta Romênia e passou pela França, antes de ser eliminada pela futura campeã Espanha nos pênaltis nas oitavas de final, fez com que a federação local trouxesse Lippi de novo.

Nas eliminatórias, em um grupo fraco, com Irlanda e Bulgária, passou invicta. O segredo para buscar o penta e se igualar ao Brasil em títulos mundiais é a manutenção da base do elenco campeão em 2006. Com o mesmo comandante, nada menos do que 13 jogadores seguem absolutos com a camisa azul.

Embaixo das traves, Buffon ainda é soberano e chega à sua quarta Copa. Na zaga, os experientes Zambrotta, Grosso e o recuperado Cannavaro, que voltou a jogar o fino da bola ao voltar para a Juventus. Pirlo mantém a consistência do meio junto ao argentino Camoranesi. Giuseppe Rossi, de origem norte-americana, é a revelação para este Mundial. O sempre artilheiro Luca Toni continua como referência na frente.

Paraguai

Terceiro colocado nas eliminatórias, os Guaranis garantiram a classificação sem sustos. Vitórias sobre Brasil, um empate e uma vitória sobre a Argentina e outro triunfo sobre o Chile em Santiago foram argumentos suficientes para tornar a dupla de ataque Cabañas e Roque Santa Cruz temida na América do Sul.

O setor defensivo já não tem a mesma força da época de ídolos como Chilavert, Gamarra, Rivarola e Arce. Portanto, as esperanças paraguaias recaem sobre o ‘gordinho Cabañas, artilheiro oportunista nas eliminatórias com seis gols.

Para isso, precisa superar a desclassificação na primeira fase de 2006, quando caiu diante de Inglaterra e Suécia, vencendo somente a fraca Trinidad & Tobago.

Nova Zelândia

País tradicional no rúgbi, figurando entre as melhores seleções do mundo, os neozelandenses tem muito a agradecer à vizinha Austrália, que foi disputar as eliminatórias asiáticas, deixando assim a Nova Zelândia como única força na Oceania.

Em sua segunda Copa, os All Whites passearam nas eliminatórias contra os inexpressivos Ilhas Fiji, Nova Caledônia e Vanuatu. Na repescagem, contra o quinto melhor da Ásia, Bahrein, conseguiu a vaga com uma vitória suada por 1 a 0, e uma defesa importante de pênalti do goleiro Mark Paston. Sem craques, o atacante Shane Smeltz desponta como melhor jogador do país, autor de oito gols nas eliminatórias.

Eslováquia

A estreante em Copas chega como a grande incógnita. A Eslováquia conquistou a classificação com a primeira colocação do grupo 3 das eliminatórias europeias, à frente de Eslovênia, da perigosa República Tcheca e da encardida Polônia.

O elenco conta com o seguro Skrtel, do Liverpool, o meia Hamsik, do Napoli, e o goleador Sestak, do Bochum. Mas os amistosos pós classificação mostram que a seleção não está com tanto potencial para surpreender. da co-irmã República Tcheca. Em dois jogos, os eslovacos bateram os rivais americanos por 1 a 0, mas foram derrotados pelo emergente Chile, por 2 a 1.

Palpite do blogueiro

Sem surpresas, a Azzurra aproveitará a primeira fase para ajustes. Paraguai e Eslováquia disputam segunda vaga, mas os Guaranis contam com mais elenco e tradição. Assim, os eslovacos devem se juntar aos neozelandeses para um passeio pelas savanas africanas antes de voltar pra casa.

Jogos do Grupo F

14 de junho

15h30: Itália x Paraguai

15 de junho

8h30: Nova Zelândia x Eslováquia

20 de junho

8h30: Eslováquia x Paraguai

11h: Itália x Nova Zelândia

24 de junho

11h: Eslováquia x Itália

11h: Paraguai x Nova Zelândia

Categorias:1
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: