Início > 1 > Último grupo da Copa: Favorita, Fúria luta para se manter entra as grandes seleções

Último grupo da Copa: Favorita, Fúria luta para se manter entra as grandes seleções

O último grupo da Copa do Mundo de 2010 terá a agora favorita Espanha ao lado do emergente Chile, da comum Suíça e da visitante Honduras, que retorna ao Mundial após 28 anos.

A Fúria chega ao Mundial credenciada pela conquista da Eurocopa 2008. O título enterrou a fama de seleção que luta e morre na praia. Mas, um tropeço na semifinal da Copa das Confederações, diante dos Estados Unidos, colocou um ponto de interrogação na cabeça dos espanhóis.

O Chile volta renovado, com um elenco jovem e forte. Já a Suíça não conta com nenhuma grande novidade e Honduras comemora a viagem à África do Sul… e só!

Espanha

Com quase todo seu elenco atuando em casa, a Espanha figura entre os favoritos à conquista do Mundial. A geração de Fernando Torres  voltou a premiar os espanhóis com um título da seleção adulta após 44 anos e voltou a fazer jus ao apelido de Fúria. A campanha nas eliminatórias foi avassaladora, com dez vitórias em dez jogos, atropelando Bósnia e Herzegovina, Turquia e Bélgica.

No gol, Iker Casillas traz sua experiência e segurança em sua terceira Copa, assim como o jovem Cesc Fàbregas, do Arsenal (ING), que disputará seu segundo Mundial com apenas 22 anos e forma o pilar do meio de campo com Xavi, do Barcelona (ESP). Talentos novos como o zagueiro Piqué e o meia Sergi Busquets, ambos do Barça, completam o elenco.

A maior força está concentrada na dupla de ataque, Fernando Torres e David Villa. Juntos, marcaram 56 gols pela seleção espanhola. Líder do ranking da Fifa, entra no Mundial para enfrentar suas próprias falhas e figurar, definitivamente, entre as melhores do mundo. Não terá dificuldades para chegar às oitavas.

Suíça

Desclassificada sem sofrer um gol em 2006, os suíços não mudaram em nada o seu modo de jogar. Com uma seleção limitada, mas forte fisicamente, a Suíça teve a sorte de cair em um grupo fácil nas eliminatórias e classificou em primeiro, à frente da Grécia.

Sob o comando do alemão Ottmar Hitzfeld, o destaque segue sendo o atacante Alexander Frei, ex-Borussia Dortmund (ALE). Na zaga, Senderos, jovem de 21 anos do Milan (ITA), demonstra segurança de veterano.

Sem grandes destaques, a seleção de trabalhadores deve brigar com o talento dos chilenos pela segunda vaga do grupo.

Honduras

Terminar a primeira fase das eliminatórias da Concacaf a frente do México já foi motivo de comemoração para os hondurenhos. Envolvidos em uma crise política que parece não ter fim, a Bicolor garantiu a terceira vaga em uma sofrida última rodada, desta vez atrás dos tradicionais americanos e mexicanos.

Apesar disso, conta com três jogadores talentosos no elenco. Palácios, que atua no Tottenham Hotspur (ING) comanda o meio de campo e municia a perigosa dupla de ataque, formada por Carlos Pavón, maior artilheiro da seleção com 56 gols, e o rápido e habilidoso David Suazo, da Internazionale de Milão (INT).

Apesar disso, a limitação no elenco garante um bom passeio e retorno no dia 26 de junho, um dia após última rodada da primeira fase.

Chile

Uma renovação no elenco colocou o Chile novamente na Copa, após ficar de fora em 2002 e 2006. Sob a tutela do experiente Marcelo ‘El Loco’ Bielsa, La Roja surpreendeu nas eliminatórias e terminou a um ponto do líder Brasil, de quebra com o goleador Humberto Suazo isolado na artilharia com dez gols.

A maior virtude dos chilenos é a habilidade do meio de campo pra frente. O experiente Maldonado, conhecido dos brasileiros, segura a marcação no meio para Rodrigo Tello, do Besiktas (TUR), Matías Fernández, do Sporting (POR) e ‘El Mago’ Valdívia, aprontarem na armação.

Na frente, sobram boas opções. Titularíssimo, Suazo divide as atenções com Aléxis Sánchez, da Udinese (ITA) e Beausejour, do América (MEX). Com um elenco versátil, é favorito à segunda vaga.

Palpite GH

Espanha desfila em campo e fica com a primeira vaga. Os chilenos largam na frente pela segunda vaga graças ao momento que seus principais jogadores vivem. Suíça não tem muito a mostrar e vai embora mais cedo junto aos inexpressivos hondurenhos.

Grupo H
1 Espanha
2 Suíça
3 Honduras
4 Chile
Jogos do Grupo H
16/jun
8h30 Honduras x Chile
11h00 Espanha x Suíça
21/jun
11h00 Chile x Suíça
15h30 Espanha x Honduras
25/jun
15h30 Chile x Espanha
15h30 Suíça x Honduras
Categorias:1
  1. Gabriela Mendes
    10/02/2010 às 09:27

    Vc é o Danilo Barra? O do Brotero? Pelo que vi acho que sim rsrs….há uns 4 ou 5 anos atrás eu li um blog antigo seu e vc havia me dito que estava cursando jornalismo! Lembra de mim?

    Me formei em jornalismo no ano passado…o que vc tem feito?

    Parabéns pelo blog….!

    Abraços!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: