Início > 1 > Ex-técnico e candidato a técnico em cena no final de semana – Luxa leva baile e Antonio Carlos vence na estreia

Ex-técnico e candidato a técnico em cena no final de semana – Luxa leva baile e Antonio Carlos vence na estreia

O final de semana com dois clássicos regionais colocou em evidência duas figuras do banco de reservas. Em Minas Gerais, o (ex) técnico Vanderlei Luxemburgo apanhou do ex-clube Cruzeiro e a arbitragem, mais uma vez, virou desculpa.

Em São Paulo, o candidato a treinador Antônio Carlos Zago conquistou uma vitória diante do rival Tricolor e de contestado passou a ter seu nome gritado nas arquibancadas, mesmo sendo óbvio que o time que venceu o São Paulo ontem não tem em nada as características do novo comandante alviverde.

Em Minas Gerais, o (ex) treinador Vanderlei Luxemburgo viu seu time se envolvido novamente pelo Cruzeiro e o placar por 3 a 1 comprovou a superioridade da Raposa em campos mineiros contra o Galo.

A cereja no bolo foi a reação de Luxa durante o jogo, quando um gesto deu margem para dúvidas do que teria feito. O (ex) técnico se voltou para a torcida celeste e teria feito o sinal de “banana” ou dito que teria sangue na veia.

Independente do que tenha feito, mostra que realmente Luxa deixou de ser o estrategista que um dia foi no futebol brasileiro. Tanto que a torcida do clube que dirigiu à conquista do último campeonato brasileiro de um time Mineiro conseguiu tirar o treinador do sério.

Veja a imagem e tire suas conclusões:

Crédito: Luiz Costa / Hoje em Dia

Já em São Paulo, como este blogueiro analisou, a diretoria do Palmeiras foi muito inteligente. Com Muricy no comando, uma derrota poderia tornar o Parque Antártica num inferno. Então, a chegada de um técnico, ainda que inexperiente e sem bagagem para assumir o ‘problema’  que o Palmeiras é hoje, teria um efeito diferente.

Em caso de derrota, o técnico é novo, ainda vai conhecer o elenco. Em caso de vitória, Antônio Carlos calaria os críticos (me incluo nisso).

Foi o que aconteceu: Palmeiras 2 x 0 São Paulo.

Os maiores responsáveis pela vitória, os jogadores, correram em campo como nunca (para provar que o problema era o Muricy mesmo, ainda que isto não seja verdade) e bateram o Tricolor Paulista (que ainda não mostrou a que veio em 2010).

Nada demais, nada de méritos para Zago. Registro aqui para que a torcida alviverde não se esqueça que um bom técnico não é só aquele que consegue resultados imediatos, mas o que consegue dar um padrão ao time que comanda e títulos, que o clube da Barra Funda precisa.

Reafirmo o que disse: “a torcida alviverde se arrependerá amargamente da demissão de Muricy (este sim, um grande treinador na atualidade) e mais ainda da contratação de Zago”.

Desculpem o reforço, mas encerro por aqui: Palmeirenses, não se iludam!

E Luxemburgo já não é mais o mesmo. Nem adianta esperar, é somente um ex-técnico em atividade.

Categorias:1
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: