Início > Esportes > Futebol 10, caráter 0!

Futebol 10, caráter 0!

* Desculpem-me quebrar a sequência da série de posts sobre minhas histórias na Argentina,mas o tema é relevante e necessário…

Luis Suárez, um dos principais atacantes do futebol uruguaio e titular do Liverpool, da Inglaterra. No currículo o título recém-conquistado da Copa América como um dos responsáveis com a Celeste Olímpica, uma passagem memorável pelo Ajax de 2007 a 2011, com uma média de 0,7 gols por jogo.

Graças a ele, o Uruguai chegou à terceira colocação na Copa do Mundo, pois nas quartas de final salvou um gol certo de Gana defendendo a bola em cima da linha com as mãos. Expulso, viu a seleção adversária desperdiçar a cobrança e nas penalidades seu time chegou à semifinal, perdida diante da Holanda.

Patrice Evra, nascido em Senegal e naturalizado francês (como acontece com muitos jogadores na França), fez sua carreira como lateral esquerdo no Monaco e, desde 2006, se firmou como um dos jogadores fundamentais do elenco de Sir Alex Ferguson, no Manchester United.

No currículo recente, más impressões. Como líder nato, tomou as dores do atacante Nicolas Anelka durante a Copa do Mundo de 2010 e comandou uma greve de treinos contra o treinador Raymond Domenech em pleno mundial. Resultado: técnico demitido com a vergonhosa campanha da eliminação na primeira fase e punição aos envolvidos.

Impressões passadas e as histórias de ambos se cruzaram em outubro de 2011, quando Liverpool e Manchester United se enfrentaram na Liga Inglesa. Após um entrevero com a bola rolando, o uruguaio é acusado de ato racista contra Evra ao tê-lo chamado de “negrito” e que “não falaria com negros”.

Apesar de não assumir o erro, Suárez foi punido com oito jogos de suspensão pelo ato medíocre e serviu de exemplo para o mundo da bola que ainda não se posicionou firmemente (leia-se FIFA) contra o racismo no futebol.

E o reencontro de ambos aconteceu neste último final de semana, em partida vencida pelos Red Devils por 2 a 1. Fato é que a tradição inglesa coloca os jogadores perfilados para se cumprimentarem antes da partida iniciar e, justamente quando Suárez e Evra ficaram frente a frente e poderiam ter encerrado essa polêmica, o uruguaio mostrou que o talento que tem com a bola está longe da capacidade de seu cérebro.

Num ato lamentável, Suárez ignorou o francês e não o cumprimentou. Revoltado, Evra protestou, mas o uruguaio já partiu para o aquecimento e esquentou os ânimos no jogo.

Com a bola rolando, Evra bem que tentou, mas seu companheiro de equipe, Rio Ferdinand, atrapalhou um possível contato com Suárez. Ao final da partida, com a vitória de sua equipe, Evra foi à forra e comemorou junto de sua torcida, passando propositalmente em frente a Suárez e vibrando pela vitória.

Compreendida a novela, já passa da hora da FIFA entrar de sola na questão do racismo, afinal, somos seres humanos e não animais para sermos divididos em raças. Se há anos a questão já não era aceitável, que dirá hoje, com a evolução da sociedade e a miscigenação ocorrida em todo o mundo?

Casos como ocorridos com o lateral Roberto Carlos, que foi hostilizado na Rússia, bananas jogadas em gramados e outras atitudes lamentáveis devem ser exemplarmente punidas. Tanto o clube deve ser fortemente orientado, quanto jogadores – tidos como exemplos e que tiverem estas atitudes inaceitáveis como fez Suárez – sofrerem punições pesadas, até com a possibilidade da exclusão do esporte.

Arte: Blog Pernetas

Arte: Blog Pernetas

Já passou da hora da FIFA tomar uma atitude e não adianta tentar defender o uruguaio dizendo que o mesmo se desculpou em comunicado, pois claramente o mesmo teve a chance de comprovar seu arrependimento e dar exemplo, mas foi forçado nos bastidores a não sujar mais o nome do Liverpool, clube de tantas glórias, por sua atitude infantil.

O talento com a bola nos pés nunca vai sobrepor o mínimo de cidadania.

Categorias:Esportes
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: