Início > Esportes > Análise dos grupos da Copa do Mundo 2014 – Grupo H

Análise dos grupos da Copa do Mundo 2014 – Grupo H

Assim como o grupo C, a última chave da Copa-2014 está bem equilibrada. Das quatro seleções, ao menos duas contam com elencos respeitáveis – Bélgica e Rússia – e já são consideradas forças emergentes no futebol europeu.

A Bélgica é apontada como a possível surpresa do Mundial-2014, mas terá a concorrência do futebol russo, que busca se fortalecer pare chegar forte na próxima edição, em 2018, quando jogam em casa. Já a Coreia do Sul quer continuar no pelotão do meio, enquanto a Argélia aponta como o azarão da chave.

(Confira a análise dos grupos A, B, CDEF e G aqui!)

 

Bélgica – Candidata a grata surpresa

belg

Entre as 32 seleções que chegam ao Mundial, a Bélgica é a minha maior aposta de grata surpresa. Os belgas precisaram renovar o elenco para conseguir uma vaga novamente em Copas, após um hiato de duas edições longe.

A impressão da última experiência foi boa, em 2002, quando protagonizou uma das partidas mais difíceis para o Brasil na trajetória do penta e Marc Wilmots, atual treinador, estava em campo.

A geração atual é interessante em todos os setores. Wilmots conta com goleiros em excelente fase como o problemático Courtois, finalista da Liga dos Campeões com o Atlético de Madrid, e Mignolet, do Liverpool. Na zaga, tem o seguro Kompany e o experiente Van Buyten. O habilidoso Hazard e Witsel estão praticamente confirmados e o ataque é perigoso, com De Bruyne, Lukaku, o veloz Mertens e Mirallas. E ainda caiu no colo de Wilmots a revelação Januzaj. O único contestado, mas bancado pelo treinador é Fellaini, do Manchester United.

Com esse elenco de respeito, os belgas passaram invictos por Croácia, Sérvia, Escócia, País de Gales e Macedônia nas eliminatórias, surpreendendo inclusive nas partidas fora de casa. Ou seja, jogar longe de sua torcida não é problema para os comandados de Wilmots.

Repetir o feito de 1986, quando chegou na quarta colocação? É possível!

 

Argélia – À la francesa, sem estrelas

Argélia

A Argélia sabe que é a menor força entre os seus adversários de grupo. E guarda como trunfo na manga a parceria Argélia-França. Se por um lado, perdeu estrelas de origem argelina para a França, como Benzema, Nasri e Zidane, por outro lado, importou grande parte de seu elenco atual.

Jogadores como o experiente Bougherra, Ghoulam e Medjani são importados da França, nascidos na Europa e que, com origem argelina, optaram por defender a seleção africana. Os argelinos apostam as fichas em um trio de promessas: Belfodil, Feghouli e Taider. Estes três jogam em grandes da Europa e são a esperança dos africanos para surpreender como fez o Senegal, grande zebra da Copa de 2002. A revelação Bentaleb também deve integrar a lista dos 23 que virão ao País.

Nas eliminatórias, a Argélia se classificou em primeiro no grupo H, com Benin, Mali e Ruanda, e na fase final, em uma suado confronto contra Burkina Faso, vencendo pelo saldo de gols marcados fora de casa.

No banco, as ‘Raposas’ contam com o treinador bósnio Vahid Halihodzic, trazendo a experiência europeia para fortalecer o elenco e lutar por uma inédita classificação para as oitavas de final.

 

Rússia – Após ofuscar Portugal, eles querem mais

Rússia

Talvez nem os russos contavam com o desempenho de sua seleção nas eliminatórias. Para quem não disputava uma Copa desde 2002, a Rússia foi além das expectativas ao roubar a classificação antecipada de Portugal no grupo F. A diferença é que os Soviéticos souberam tropeçar na hora certa e ficaram à frente dos lusos.

Esta será apenas a sua terceira participação em Copas, mas passar às oitavas de final não é uma simples ambição, afinal se comparar os elencos de 1994, 2002 e o atual, é possível constatar que a Rússia já não é tão inofensiva quanto antes.

Maior estrela atual do futebol russo, o atacante Arshavin vive na corda bamba, ora convocado, ora ignorado pelo treinador italiano Fábio Capello, assim como Pavlyuchenko, que perdeu espaço com o comandante. A base russa atua no próprio país, o que dificulta o trabalho dos adversários, que desconhecem boa parte do elenco. A segurança do goleiro Akinfeev está garantida e um dos poucos ‘estrangeiros’ dos recentes convocados é Cheryshev, que atua no Sevilla da Espanha.

Curiosamente, a maior aposta é no italiano Capello, em quem os dirigentes e os torcedores russos confiam para trazer a experiência dos títulos europeus conquistados por Milan, Juventus, Roma, Real Madrid e os anos à frente da Inglaterra e da própria Itália.

 

Coreia do Sul – Novas apostas

Coreia

Foi-se o tempo que a Coreia do Sul era o saco de pancadas das Copas. Após o quarto lugar na Copa de 2002, disputada em seus domínios, os sul-coreanos voltaram ao mata-mata no último Mundial, em 2010, e mesmo assim venderam caro a vitória aos uruguaios nas oitavas de final.

Esta será a oitava Copa seguida dos coreanos e a experiência adquirida por seus atletas no continente europeu pode ser um plus no desempenho nesta edição. Porém, a maior estrela atual do País, o armador Park Ji-Sung, com passagem pelo Manchester United, não defende mais a seleção, alegando abrir espaço para os mais novos.

Assim, a Coreia do Sul convocou uma seleção repleta de novos nomes, com nove atletas que atuam no futebol europeu. Sem Park, o peso de conduzir a seleção será dividido entre Park Chu-Young, remanescente da Copa de 2010, e Jacheol, que atua no Mainz, da Alemanha.

O desempenho nas eliminatórias prova que o momento não é dos melhores, com alguns tropeços para seleções inexpressivas como o Líbano, empates com o Uzbequistão e derrotas para o Irã, que garantiram a primeira colocação aos iranianos e deixou os coreanos no segundo lugar, suficiente para carimbar a vaga.

 

Tabela de jogos

Bélgica x Argélia – Dia 17.06.14, às 13h – Mineirão
Rússia x Coreia do Sul – Dia 17.06.14, às 19h – Arena Pantanal
Bélgica x Rússia – Dia 22.06.14, às 13h – Maracanã
Coreia do Sul x Argélia – Dia 22.06.14, às 16h – Beira Rio
Argélia x Rússia – Dia 26.06.14, às 17h – Arena da Baixada
Coreia do Sul x Bélgica – Dia 26.06.14, às 17h – Arena Corinthians

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: